Quem é Rosa

Minha foto
“A vida é a descoberta de quem somos." contato: rosicleidedavid@ymail.com

intervalos

Nos meus intervalos, eu passo por aqui...
Revelo a colheita do que plantei durante o dia,
Faço uma breve análise do que está em mim ou do que se passa ao meu redor,
Ou simplesmente deixo fragmentos de sonhos...

Os textos de minha autoria são protegidos pela lei n° 9.610 de 19-02-1998, lei dos direitos autorais.

sábado, 6 de agosto de 2016

06 de Agosto de 2016



Rosa sonhou com o Cravo...


E acordou pensativa, depois de tanto tempo sem tocar em seu nome, sem lembrar.
Rosa tem mania de querer saber como estão aqueles com quem ela sonha, Rosa gosta de sonhos... Pensou por um segundo em perguntar: Hei, como você está?!

...

Rosa lembrou que algumas pessoas gostam de trancar as portas do passado, Talvez o Cravo seja assim. E ela aprendeu que a maneira mais bonita de amar é respeitar a liberdade do outro.

...


Rosa quer bem ao Cravo, ela sabe que todo amor é infinito, transmutável e bom. Ela jurou um dia o seu amor, e esse amor depois da convivência, de tantas lições, na distância virou luz, uma luz de bem querer.
Rosa é feliz, tem um sentimento sereno de gratidão, a vida é sempre boa. O Amor é sempre presente. O Amor é o único Caminho. É sempre o Amor que sobra, é sempre o Amor que tem de sobra!


Rosa sorriu ao lembrar do Cravo, desejou-lhe o bem, respeitou a ausência fruto da decisão dos dois, e seguiu.





sábado, 30 de julho de 2016

30 de Julho de 2016




Depois de mais de 2 anos, Rosa percebeu que precisava regar este jardim...

Não se pode passar uma existência sem a vontade e a coragem de desbravar os mundos que existem a nossa volta, sem desbravar os nossos mundos...
Rosa estava a desbravar... continua.

Mas hoje, Rosa precisou parar um pouco e cuidar deste jardim. Do jardim das poesias e delicadezas, das palavras doces e reflexivas, do fluir das palavras que sempre chegam ao caminho certo.

Rosa é tão poesia, que os versos que ela encontra pelo caminho sempre trazem ao seu peito a certeza de estar na busca certa, na sua busca.

Rosa é desbravadora, Rosa é uma buscadora... e isso é o sentido mais sublime de sua existência.

Rosa aprendeu que quando se integrava aos mundos exteriores aprendia muito sobre si mesma. Inquietou-se pela sede de conhecimento, descobriu o conflito necessário do autoconhecimento.
Compreendeu que o conhecimento e as experiências preenchem todo o nosso Ser. Mas a Existência é dinâmica, é como o ato sagrado de respirar... é necessário encher os pulmões de ar, é necessário esvaziá-los. Por vezes precisamos nos "preencher", por vezes apenas o que precisamos é "esvaziar".

Um abraço de amor fraternal,


Rosicleide David



segunda-feira, 25 de novembro de 2013

25 de Novembro de 2013



Por onde anda a Rosa?

Rosa pensa que é bom perguntar por si mesma...

Devo estar percorrendo aquele caminho que por razões, ora racionais ora apenas e intensamente intuitivas, parece ser tão meu.
Com uma dinâmica parecida com as migalhas de pão de João e Maria que marcavam o caminho, a Vida costuma deixar "algo da gente" que vamos encontrando ao longo de nossas experiências. Algo que nos pertence e nos traz a sensação de pertencer ao que estamos vivendo.

Rosa acredita que Viver tem que ter a ver com ela.

Rosicleide David


quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Um convite a uma leitura prazerosa!


Minha percepção sobre a prazerosa leitura do livro "Pensar em Pensar" do Poeta Victor Canti.


“Pensar em Pensar” retrata a Filosofia de Victor Canti, aprendida através da observação e a prática da Vida.
O resultado desta Obra, em meu ponto de vista, se dá por meio da busca constante de conhecimento, que adquirido é alinhado às expressões intensas das experiências do autor.
Victor Canti nos conduz por meio de sua escrita a refletir sobre o ato de viver, mantendo sempre a linha tênue entre a sua admiração pela Natureza e um certo olhar crítico sobre a INvolução. Poesias construídas a base de Beleza e Consciência.

O que esperar de um livro que contém “Pressa de Amar”...  “Essência”... “O sentido”...  “Monotonia”... “Ação”... “Alcance”... “Medo de perder o Brasil”... “Encanto”... “Boemia”...  ?!!

Ah!... “Acreditar” que entre os demais temas, estas poesias instigam o leitor.
Fica o convite de saborear “Meu vinho tinto” e sentir-se “Pertencer” a este mundo desbravado por Victor Canti.


 
Para conhecer mais sobre o livro, acessem:
Pensar em Pensar



sexta-feira, 21 de junho de 2013

20 de junho de 2013

Confesso que não sou acostumada a estar em um aglomerado de pessoas. Mas, ontem fui exercer a minha cidadania na Manifestação da querida Cidade São José dos Campos. Levei a minha poesia nos pés, no grito e nas mãos que erguiam um cartaz rei...vindicando os direitos da população.
Se fosse para torcer por um time, talvez eu não estivesse lá. Mas, para torcer pelo meu país, eu estive. E me senti feliz por ver tantas pessoas conscientes da situação e querendo mudanças, não se contentando com um sistema que está o tempo todo tentando nos convencer de que devemos nos contentar com menos do que nos pertence.
Queremos um governo que cumpra o seu papel, que represente verdadeiramente os interesses da população. Chega a hora também de assumirmos melhor o papel daqueles que escolhem, aprendendo a votar com mais seriedade. E conforme estes últimos dias, exigindo a prestação de contas, as mudanças e punição para quem violou os nossos direitos.
Fica também a reflexão...
Vamos educar as novas gerações sem as máximas de que “o mundo é dos espertos”. Ensinar os nossos pequeninos que momentos de dificuldades são pra ser vencidos e não que se deve dar “um jeitinho brasileiro” para tudo. Aliás, vamos abolir o jeitinho brasileiro! E vamos ser “Brasileiros” honestos que representam a dignidade da nação nos nossos comportamentos, até mesmo aqueles que ninguém vê.
Vamos educar nossos pequeninos como representantes da Nação, pois um dia eles podem estar ocupando oficialmente este cargo.
Em tempos de inconformismo, avante à Mudança!



Hoje não vou assinar o texto, pois é uma História que não estou escrevendo sozinha.
 
 

sexta-feira, 27 de julho de 2012

domingo, 27 de maio de 2012

27 de maio de 2012

A vida é mesmo essa frequência alternada de altos e baixos e com ela o nosso coração as vezes dispara e as vezes acalma. E o que dá essa estrutura pra que o coração seja flexível e suporte toda essa alternação é o amor que encontramos nas pessoas que fazem parte de nossas vidas. Talvez seja mesmo porque em meio à toda a incerteza da vida, o amor seja o único que não deixa dúvidas.



Rosa

segunda-feira, 7 de maio de 2012

07 de maio de 2012

Rosa foi dormir preocupada...
Talvez ela se preocupe mais do que deveria, Rosa é flexível com os outros, mas na maioria das vezes é inflexível consigo mesma. Rosa é perfeccionista, ponto forte quando se dedica a ter capricho e amor no que faz, mas precisa saber lidar com o limite, o limite é quando chega um momento em que o processo passa a depender também do outro.
Rosa, inflexível, foi dormir preocupada... não se permite errar, mas perdoa com tanta facilidade o erro dos outros. Rosa precisa descobrir que nem sempre escolhemos a opção correta, mas que faz parte da vida e do aprendizado. Rosa precisa confiar mais em seu Criador, que quando ela não sabe, Ele tudo vê e está disposto a ensinar.
Rosa quer aprender... foi dormir as 3 da madrugada...

Rosa deu um tempo as suas preocupações e quis olhar pro que tem de belo em sua vida.
Trouxe uma rosa vermelha e dançou tango com a sua mãe, Rosa sorriu leve.