Quem é Rosa

Minha foto
“A vida é a descoberta de quem somos." contato: rosicleidedavid@ymail.com

intervalos

Nos meus intervalos, eu passo por aqui...
Revelo a colheita do que plantei durante o dia,
Faço uma breve análise do que está em mim ou do que se passa ao meu redor,
Ou simplesmente deixo fragmentos de sonhos...

Os textos de minha autoria são protegidos pela lei n° 9.610 de 19-02-1998, lei dos direitos autorais.

sábado, 20 de março de 2010

20 de março de 2010

Descrevendo sensações...

de um sábado à noite... há um tempo atrás...
uma troca de olhares...



Olhar


Eu li o trecho de um livro...
Neste trecho falava- se da sensação do “olhar nos olhos”, fitar delicadamente o olhar do outro, descansar ali ,em um breve momento, a nossa alma... e ao mesmo tempo em que era possível para aquele personagem se enxergar no olhar do outro, também era possível enxergar o que havia além daquele olhar que teria prendido a sua atenção.
O verbo olhar se confundia com o verbo encontrar...
Eu olhei... encontrei.
Ele olhou... encontrou.
Nos olhamos... nos encontramos.
Os personagens ao redor ficavam distantes à medida em que os dois se olhavam... se encontravam. E nesse momento o autor nos relatava que o tempo, embora tenha sido breve, pareceu estender- se a ponto de ter sido suficiente para ser registrado com toda doçura na memória. Doçura sim, porque se tivesse sabor essa leitura seria o de um doce, daqueles que toda criança quer e que todo adulto gosta porque lhe remete as lembranças mais afetuosas de sua vida.
Eu li o trecho de um livro...
Uns dos meus textos preferidos...
Naquele dia em que olhei nos teus olhos e pareci adentrar nas páginas de um livro, foi tamanho encanto, que caberia este texto a tal sensação.




Rose David
descrito em 20 de março de 2010
Para o dono daquele olhar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário