Quem é Rosa

Minha foto
“A vida é a descoberta de quem somos." contato: rosicleidedavid@ymail.com

intervalos

Nos meus intervalos, eu passo por aqui...
Revelo a colheita do que plantei durante o dia,
Faço uma breve análise do que está em mim ou do que se passa ao meu redor,
Ou simplesmente deixo fragmentos de sonhos...

Os textos de minha autoria são protegidos pela lei n° 9.610 de 19-02-1998, lei dos direitos autorais.

sábado, 24 de abril de 2010

24 de abril de 2010

Sensibilidade

Há uma força intensa que move, que comove, correndo pelas veias da sensibilidade. Há uma beleza simples que todos alcançariam se os seus olhares não estivessem tão encascados com o verniz das aparências. Por isso, não vou escrever muito a respeito, vou procurar ler por onde os meus olhos passam e escrever através de um sorriso, de uma lágrima, de um olhar compreensível ou inconformado... Não quero ser mais um a deixar belas palavras, que com o tempo empoeiram na estante do próprio ego. Sim, sobre sensibilidade não escrevo, só sinto e transpasso os sentidos...

Sensibilidade?
Deixo as definições, e vou me sentar na roda junto aos outros.
É impossível se sensibilizar se achando melhor ou pior que o outro, estando indiferente, quando nos reconhecemos iguais, aí sim, chegamos a ser capazes de nos sensibilizar.




Rose David

Nenhum comentário:

Postar um comentário