Quem é Rosa

Minha foto
“A vida é a descoberta de quem somos." contato: rosicleidedavid@ymail.com

intervalos

Nos meus intervalos, eu passo por aqui...
Revelo a colheita do que plantei durante o dia,
Faço uma breve análise do que está em mim ou do que se passa ao meu redor,
Ou simplesmente deixo fragmentos de sonhos...

Os textos de minha autoria são protegidos pela lei n° 9.610 de 19-02-1998, lei dos direitos autorais.

domingo, 6 de junho de 2010

06 de junho de 2010


Pais e filhos

Uma vez na vida nós vamos admitir estar cometendo o mesmo erro que o dos nossos pais.


Mesmo que tenhamos errado da mesma maneira que eles outras vezes, vai ser no momento em que percebermos isto que ocorrerá uma importante mudança em nossas vidas.


Encontrar os erros deles acaba se tornando um meio de justificar os nossos.
E assim, as relações entre pais e filhos se oscilam. Porque talvez procuramos o entendimento quando basta a compreensão.


Sim, uma vez na vida vamos cometer o mesmo erro que o dos nossos pais, vamos nos olhar no espelho e ver a nossa semelhança com eles. E vamos descobrir que mesmo quando erramos de uma maneira que nem mesmo entendemos, não somos tão cruéis em nosso auto- julgamento. Porque conhecemos os nossos sentimentos e compreendemos que apesar das consequências de nosso erro, é extremamente relevante a nossa intenção.
Então, olharemos pra trás e vamos ver que o amor dos nossos pais muitas vezes ficou nas intenções, e que nem sempre conseguiram passar para os atos.
É difícil para um homem saber quem realmente ele é quando ainda não conseguiu olhar nos olhos dos seus pais, mesmo que na ausência este olhar seja simplesmente uma tentativa de compreensão e um julgamento menos severo.




Rose David

Nenhum comentário:

Postar um comentário