Quem é Rosa

Minha foto
“A vida é a descoberta de quem somos." contato: rosicleidedavid@ymail.com

intervalos

Nos meus intervalos, eu passo por aqui...
Revelo a colheita do que plantei durante o dia,
Faço uma breve análise do que está em mim ou do que se passa ao meu redor,
Ou simplesmente deixo fragmentos de sonhos...

Os textos de minha autoria são protegidos pela lei n° 9.610 de 19-02-1998, lei dos direitos autorais.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

03 de maio de 2010



A vida não é um mar de rosas...


É preciso aprender a surfar nas ondas das dificuldades, sem que afundamos.
Há dias de sol, há dias de tempestade... tanto como dias de mar calmo quanto de mar bravo.
Mas apesar da inconstância não há nada que tire a beleza desse mar.
A alegria nos possibilita enxergar como as águas ficam cristalinas e a luz do sol ou o reflexo da lua que descansa em tuas ondas, ali acontece a conexão da vida. A cumplicidade entre o universo se manifesta aos nossos olhos.
Mas a tristeza também nos direciona a uma profunda intimidade com a nossa existência, porque nos leva a mergulhar no mar da vida e conseguimos enxergar os cantos de nós mesmos que só a tristeza é capaz de nos revelar. Assim, descobrimos a beleza contida no extremo da sensibilidade, a tristeza é o extremo da sensibilidade.
A vida não é um mar de rosas... é um mar de sensações.
E estas sensações trazem a beleza da descoberta a cada onda que vai e vem... o encontro do homem com Deus.


Rosicleide David

Nenhum comentário:

Postar um comentário